Vamos ser pais! Como anunciei a minha gravidez.

Vamos ser pais! Como anunciei a minha gravidez.

É sábado dia 25 de Junho, Portugal joga mais tarde com a Cróacia para os oitavos de final do Euro 2016 (os clientes que me conhecem sabem que sou louca por futebol), estou sozinha em casa e mais um dia de atraso na menstruação. Havíamos planeado tudo, fui a consultas pré natais, fiz os testes, tomava ácido fólico desde Janeiro e estávamos nas tentativas para conseguir ter um bebé desde Maio. O mês anterior havia sido difícil e irregular fruto de ter deixado a pílula em Abril. Este mês de Junho, que até tínhamos estado de férias e havia prometido a mim mesma que levaria tudo com mais tranquilidade e esperei até sábado para confirmar as suspeitas. Fiz o teste com a primeira urina da manhã e não foi preciso esperar muito para ver dois risquinhos, nem queria acreditar!!! Como tínhamos planeado tudo com antecedência e pensei poder demorar algum tempo resolvi comprar vários testes dos mais básicos para estar á vontade em fazer testes e poupar algum dinheiro. Assim quando olhei para os dois riscos, um deles meio sumido o meu coração saltou do peito e só conseguia andar para trás e para a frente. Estava sozinha e com isto a explodir-me no peito, a acalmar-me e a entusiasmar-me ao mesmo tempo! Fiz outro teste nos minutos seguintes e novamente duas riscas apareceram.

A minha cabeça estava a mil e só pensava no que aquilo significava…

Como tínhamos feito testes sabia que não era imune à toxoplasmose, o que acontece com a maioria das mulheres, ainda para mais no meu caso em que a afinidade com os felinos é um pouco difícil 😛 Na Ecologicalkids fazemos muita pesquisa sobre gravidez e desenvolvimento do bebé e cada vez mais encontramos estudos sobre o impacto dos químicos nas nossas vidas e eu já havia decidido que tentaria tudo o que poderia fazer para diminuir os riscos de exposição a químicos nocivos durante a gravidez. Para começar teria que começar a usar desinfetante de frutas e legumes por causa da toxoplamose e se há coisa que se deve evitar na gravidez são lixivias e derivados, por isso passei pela Loja do Parque das Nações e fui buscar o desinfetante da Bentley com 73% de ingredientes biológicos e sem cloro, é super rápido a desinfetar (bastam 30 segundos) e tambem elimina químicos utilizados na produção de alimentos não biológicos. Trouxe também os Milestone Pregnancy Cards para ir acompanhando a gravidez (a foto abaixo mostra o nosso primeiro cartão). A seguir passei pela farmácia e comprei um teste que indica as semanas de gestação, fiz e o resultado era 2-3 semanas. Nem queria acreditar naquela janelinha! Eram tão poucas semanas, tão poucos dias mas ao mesmo tempo tanto… a nossa sementinha estava a criar raízes e a crescer.

SAMSUNG CAMERA PICTURES

Descobrimos que estás a caminho 🙂

Quase não aguentava de felicidade e o Rui (o meu marido) nunca mais chegava! Tentei distrair-me mas não dava então montei a surpresa para quando ele chegasse. Sem ele saber já havia comprado o primeiro brinquedo do bebé, um livro, só podia pois nós os dois adoramos ler!!! Como ele é Engenheiro Civil comprei o primeiro livro de Engenharia Civil do bebé achei que seria uma forma engraçada de lhe dar a noticia.

il_fullxfull-480177836_hu2r

Embrulhei em duas prendas: a número 1 o livro e a nº2 o teste e montei a camera. Quando ele chegou já estávamos perto da hora do jogo e ainda tínhamos que sair para ir ver em casa do irmão dele, mas não aguentei e fiz-lhe a surpresa como mostro no vídeo abaixo. Agora começava o mais difícil, aguentar até ás 12 semanas este segredo tão grande e tão bonito.

Hoje estou com 16 semanas e já posso dizer: Vamos ser pais!

E convosco como foi o anúncio?

 

 

10 Decisões para o Bebé, o Planeta e a Carteira – Decisão 1 e 2

10 Decisões para o Bebé, o Planeta e a Carteira – Decisão 1 e 2

Novo Ano, novos planos, novas metas, novos desafios. É no início do ano que fazemos um balanço do que passou, do que conquistámos e do que queremos conquistar. Parece que sempre que um novo ano começa que a nossa força de vontade ganha ainda mais fôlego. Muitos de nós definimos como meta poupar mais e as razões são várias, ainda mais quando temos ou iremos ter um bebé (ou mais um) . Neste momento de balanço estamos nós prontos a começar o novo ano, para sermos melhores pessoas, melhores exemplos e melhores pais.

Um bebé representa sempre mais gastos a ter em conta. Será que conseguimos diminuir despesas, mas não no conforto do bebé nem no nosso e ainda ajudar o planeta? Claro que sim!

Existem pequenos gestos que fazemos no dia-a-dia e que têm um impacto no nosso bolso e no planeta. Com o ano a começar vamos dar 10 dicas para ajudar a poupar este ano e ainda ajudar o planeta, sempre a pensar no melhor e mais confortável e saudável para o bebé.

1 – Usar fraldas reutilizáveis – Sempre que muda a fralda do seu bebé estará a deitar cerca de 0,25 centimos ao lixo já pensou nisso? Para além do fator económico existe também o fator de conforto,pois o seu bebé estará 24 horas em contacto com papel e plástico, imaginem um penso higiénico gigante 24 horas por dia durante cerca de 2,5 anos. Por vezes mudar de perspectiva ajuda-nos a pensar em soluções que até aí pareceram não existir. Longe das antigas fraldas de pano as novas fraldas reutilizáveis são feitas em materiais suaves e fáceis de manter, fáceis de colocar e são super absorventes. Feitas em materiais resistentes, laváveis e respiráveis as fraldas reutilizáveis do século XXI afastam o xixi do bebé e absorvente durante longas horas. Várias marcas disponibilizam um tamanho único que permite que a mesma fralda se ajuste dos 3,8 Kgs até aos 17 (sensivelmente 3 anos). Leram bem, o mesma fralda ajusta-se e cresce com o bebé e serve do nascimento ao desfralde. Em vez de terem vários tamanhos apenas um, imaginem como seria bom que os bodies e babygrows do nosso bebé se pudessem ajustar até aos 3 anos! Quem já tem bebés sabe como crescem rápido! Optar pelas fraldas reutilizáveis pode ajudar-nos a poupar cerca de 1300 euros num primeiro bebé e mais de 3200 num segundo filho. Verdade, para além de serem ajustáveis as fraldas podem ainda serem usadas num segundo bebé, tal como outra peça de roupa. Bastam 30 a 36 fraldas e vez de cerca de 7800 fraldas que irá usar durante 2,5 anos (pelo menos)! Conseguirmos uma poupança destes valores nos primeiros anos do bebé tem já um grande impacto no nosso bolso, para já nem falar da pegada ecológica. Sabiam que uma fralda descartável demora cerca de 500 anos a decompor-se e que cada bebé irá produzir uma tonelada de resíduos só em fraldas descartáveis? Incrível como algo que usamos por hora demora tanto tempo a desaparecer na natureza!

Poupe mais de 1300 euros em fraldas!

Poupe mais de 1300 euros em fraldas!

Veja em pormenor as contas no nosso site

2 – Discos de Amamentação Reutilizáveis – A amamentação é uma fase importante da vida da mãe e do bebé. Neste momento os nossos seios irão ficar mais sensíveis e por vezes irritados e gretados. É importante ter em conta o bem estar da mãe também ajudará na amamentação do bebé, por isso é importante cuidarmos da saúde dos seios. Os discos descartáveis têm um gel super absorvente, à semelhança das fraldas descartáveis e dos pensos higiénicos e ao absorverem a humidade absorvem tambem a humidade natural da pele, por isso os nossos seios ficam ainda mais secos e sensíveis. Para além deste incómodo, muitas vezes (no verão principalmente) o disco tem tendência a colar-se à pele e a ser doloroso remover, para além de muitas vezes ter um cheiro característico (tipo leite azedo). Na maioria das vezes iremos mudar cada vez que damos de mamar, pois não nos sentimos confortáveis ou seja iremos em média 8 a 10 discos por dia, caso a amamentação dure até aos 6 meses de idade do nosso bebé precisaremos de cerca de 1.440 discos, tendo em conta que cada disco descartável custa em média 13 cêntimos iremos gastar só em discos de amamentação cerca de 187,20 euros. Optar por discos de amamentação reutilizáveis, feitos em algodão suave, impermeáveis, respiráveis, que não se notam através do soutien e que respeitam a pele do mamilo significa poupar no mínimo 171,21€ pois apenas precisaremos de 6 discos que custam 15,99€. Caso a amamentação dure mais tempo estes valores são ainda mais significativos.

Clique aqui para conhecer os nossos discos de amamentação reutilizáveis.

 

Nos próximos dias vamos falar de mais 8 dicas para um ano mais poupado, mais ecológico e mais saudável para o bebé.