Detergentes e Bebés

Se uma das razões porque escolhi utilizar fraldas e toalhitas reutilizáveis foi porque queria afastar quimicos nocivos muitos deles cancerisnos do meu bebé não faz sentido que depois fosse lavar as fraldas e toalhitas em detergentes agressivos que vão ficar nos tecidos e serem absorvidos pela pele do bebé, isso fez com que pensasse na lavagem da roupa e casa de uma nova forma, assim existem algumas dicas que segui e que podem seguir se esta for uma das preocupações que têm:

– Não utilizem amaciador, o amaciador tem residuos cujo objetivo é ficarem presos nos tecidos para aos poucos libertarem cheiro, esses resíduos não são naturais, isto é o amaciador que cheira a maça não tem mesmo maça, mas sim quimicos que imitam o seu cheiro e são nocivos para estar em contato com a pele do bebé, muitos dos amaciadores têm fosfatos altamente prejudiciais para a natureza.

– Não utilizem detergentes com branqueadores ópticos, pois estes estão presentes no detergentes apenas para ficarem agarrados ao tecido, refletirem a luz solar e dar a ilusão optica de branco, para saberem mais sobre este assunto e porque que é que não os devem (mesmo!) utilizar no verão, recomendo que leiam o post sobre branqueadores opticos aqui

– Não utilizem lixivia, a lixivia é rica em cloro que é prejudicial à saude, é altamente caustica, é considerada cancerisna provocando alterações do sistema imunológico, reprodutivo e neurológico.
Existem alguns substitutos da lixivia que podemos utilizar e nao são tão agressivos ou prejudiciais à saúde, um deles é o peróxido de hidrogénio, não se assutem com o nome pois é água oxigenada :-), (na verdade água oxigenada é uma mistura de água e peróxido de hidrogénio) na sala tenho cadeiras cremes muito claras e como tenho um filho e duas cadelas é comum ficarem sujas, descobrir que se as limpar com água oxigenada ficam perfeitas, como novas! outra alternativa à lixivia é o sumo de limão e o vinagre branco.

– Escolham detergentes ecologicos para utilizar em casa e claro o Rockin Green para lavar as fraldas 🙂

Quando começou a gatinhar o Pedro começou a chegar a todos os sitios e como qualquer outro bebé colocava tudo à boca, agora anda numa fase em que gosta muito de pintar e acaba por sujar a mesa do quarto dele que tenho de limpar frequentemente, descobri que por exemplo vinagre em agua quente limpa bem a mesa cheia de tinta, ou que uma mistura de sumo de limão e bicarbonato de sódio a deixam branquinha, e sei que a seguir ele vai colocar lá uma bolacha e a seguir come-la e fico mais descansada por saber que não limpei com quimicos nocivos.

Têm alguma receita para limpeza que gostassem de partilhar?

Sabão Azul e Branco

Ao contrário do que se pensava à 50 anos atrás não devemos lavar as fraldas e roupa de bebé com sabão azul e branco (ou rosa e branco).
O sabão azul branco contém gordura que entope o tecido das fraldas bastando para isso uma lavagem, para além disso tem um ph11 sendo assim, demasiado agressivo para a pele do bebé (com ph5) resíduos de sabão azul e branco na roupa ou fraldas do bebé danificam o filme hidrolipídico da pele promovendo a irritação e alergia.
Podemos continuar a utilizar sabão azul e branco para lavar roupa que não fique em contacto com a pele, mas nunca a roupa ou fraldas do bebé.

Rossana