Há três anos que as fraldas fazem parte da nossa rotina!

O João ainda usa fralda! É verdade, desde Janeiro de 2013 a utilizar fraldas e toalhitas reutilizáveis, já lá vão 3 anos, tantos quantos tem o João.

Há três anos que as fraldas fazem parte da nossa rotina! Já perdi a conta às vezes que as usei e reutilizei, que as pus para lavar e estendi, que coloquei e tirei os absorventes do bolso (a maioria das fraldas que tenho são de bolso).

DSCF1950

Nesta fase estou a usar, em média, cerca de seis fraldas por dia. Mas no início foram mais, quando o João era recém-nascido e acordava de noite eram cerca de oito ou dez. No total até agora, já devem ter sido mudadas umas 8000 fraldas! O mais fantástico é que nem uma foi desperdiçada!

A iniciarmos agora o desfralde e quase a despedirmo-nos das fraldas (quero pensar que é só um até já e não um adeus J) reafirmo mais ainda esta certeza  de que fizemos a melhor escolha para o nosso filho.

As razões? Acho que desde o início nem se colocou outra hipótese, não só por trabalhar na Ecologicalkids mas também por conhecer bem e me identificar a 100% com o conceito. Sempre me causou confusão o lixo e o desperdício produzido pelas fraldas descartáveis, saber que a maioria demora 500 anos a decompor-se, para além do plástico e outras substâncias prejudiciais que ficam em contacto com a pele do bebé.

O facto de o meu sobrinho ter usado e eu lhe ter trocado algumas fraldas, o nunca ter tido alergias nem o rabinho vermelho devido aos químicos das descartáveis normais, mostrou-nos na prática que era efetivamente uma opção mais saudável e ao mesmo tempo muito simples de usar.

Sempre tentei ter no meu dia-a-dia comportamentos ecológicos, o meu marido também, e por tudo isto, esta era tão-somente a opção mais natural para nós, que vinha ao encontro do que acreditávamos e do que queríamos para o nosso bebé.

Para além da razão ambiental, a preocupação com a saúde/conforto também foi importante. Podem ler mais sobre isso aqui: https://ecologicalkidsblog.com/2013/10/07/porque-sao-as-fraldas-reutilizaveis-melhores-para-a-saude/

Desde que soube que estava grávida que passei a ter ainda mais cuidado com a alimentação, com os cremes que passava no corpo, com os detergentes que usava em casa, habituei-me a ler as rotulagens e a escolher produtos com menos químicos, que fossem mais saudáveis para mim e consequentemente para o meu bebé que estava a ser gerado.

IMG_20121110_150004

Quando o João nasceu, continuamos a querer oferecer-lhe aquilo que achamos ser melhor. Por isso, usar fraldas e toalhitas reutilizáveis, lavar a roupa com detergente sem substância nocivas, usar cosmética com ingredientes naturais foi alargar, para o nosso filho, os cuidados que já tinha antes. Não faria sentido que fosse de outra forma.

Não tendo sido a nossa principal razão, mas que é também importante foi o dinheiro que poupamos 8 mil fraldas depois! Esta acaba por ser também economicamente a melhor opção.

O uso e manutenção das fraldas é fácil, é só por a lavar e estender como qualquer peça de roupa, cumprindo sempre as instruções de lavagem recomendadas.

DSCF6924 (1)

Um dos maiores receios dos pais é que tenham muito trabalho e entretanto acabem por desistir. Da minha experiência, onde despendo mais tempo com as fraldas é a estender (mais ou menos 7/10 min, dependendo do número de fraldas que tiver, normalmente lavo de 3 em 3 dias cerca de 18 fraldas e o dobro dos absorventes, no Verão lavo de 2 em 2 dias e aí são menos para estender) e depois a monta-las. Quando as monto aproveito estar sentada no sofá a ver qualquer coisa na televisão. J Mas também já montei muitas fraldas na hora em que estava a precisar delas, sem problema! J

Gosto quando as apanho e as vejo branquinhas, tenho o hábito de as levar ao nariz para cheirar.

Existem vários tipos e sistemas de fraldas, cada um com diferentes características, uns serão mais práticos do que outros, tudo vai depender das Vossas preferências, rotinas e dinâmica familiar. A oferta é muito vasta e totalmente adaptada aos nossos dias e à vida ativa dos pais, por isso podem estar tranquilos J.

Corridos três anos e da minha experiência posso dizer que estou mesmo feliz com a decisão que tomamos para o João e pelo exemplo que lhe transmitimos. A fralda dos mochos, macaquinhos, monstros, a woof woof, a azul, a verde… Foram nossas “companheiras” em todas as ocasiões, de dia, de noite, em casa ou em passeio, até quando fomos de férias! E nenhuma acabou no lixo. É giro porque o João já as identifica e também tem as suas preferidas. Começo agora a entrar em modo de despedida, a preparar-me mentalmente porque o João vai entrar numa nova etapa e brevemente deixará de as usar.

DSCF6863 (1)

O meu conselho a todos os pais que pensam e queiram usar fraldas reutilizáveis, quer em exclusividade ou em sistema misto, é que não tenham receio, nem se deixem desanimar se não tiverem o apoio de familiares ou amigos e ouvirem comentários menos simpáticos. Esta é sem dúvida a opção mais ecológica, económica e acima de tudo mais saudável para o bebé.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s