Quando deixamos os nossos filhos pela primeira vez na creche…Quem sofre mais? Eles ou nós?

Acho que para qualquer mãe a primeira vez que temos de deixar um filho no infantário, ou na escola é sempre difícil.

Esse dia chegou para mim, no início deste mês o João foi para a creche. Pela primeira vez tive de virar costas e deixar o João entregue a alguém que não era a avó ou o pai.

Decidimos que estava na altura do João ter outras rotinas, conhecer e conviver mais com crianças da idade dele, ter novas atividades e brincadeiras.

Já me andava a preparar há algum tempo (há muito tempo), para quando este dia chegasse. Mas nunca se está preparada para deixar um filho a chorar.

Sei que muita gente diz que podia ser pior se o João tivesse ido com poucos meses, que é um sortudo em ir para a creche só nesta altura com 2 anos e 8 meses. E sim, é um facto. O João ficou comigo até fazer um ano e desde aí até agora com a avó materna que esteve sempre disponível e o tratou com todo o carinho. Ainda assim, custa muito…

Então lá fomos nós, todo o caminho de mão dada. Eu a conter as lágrimas mas a mostrar-me feliz e entusiasmada por irmos fazer novos amigos, por iniciarmos juntos mais uma etapa e aventura nas nossas vidas.

Também eu como mãe estou a crescer e a aprender. Tive de o deixar, ficou a chorar, a chamar por mim. Disse-lhe que ia correr tudo bem. E o meu coração ficou pequenino, apertado. Vi-o ir pelo corredor sem largar o carrinho que agarrava na mão, virei costas e fiquei também eu a chorar.

Tiramos férias, eu e o pai, para o podermos acompanhar nesta nova fase e ajudar na adaptação, mas entretanto já regressamos ao trabalho.

Não tem sido fácil porque todos os dias o vejo ficar contrariado, com os olhos cheios de lágrimas a querer subir pelas minhas pernas e pendurar-se no meu pescoço.

Eu venho embora a pensar se ele vai ficar bem, se vão estar atentas, se vão dar carinho e afagar na hora de dormir.

Anseio pelo dia em que ele fique feliz, em que vá a correr sem olhar para trás.

Mas ainda é cedo, é preciso dar tempo para criar laços e se habituar ao novo ambiente, às pessoas e às novas rotinas.

Vamos devagarinho, hoje já foi melhor do que ontem.

Este mês a avó ainda se vai mantendo por perto para o ir buscar mais cedo e não custar tanto, a ele e a nós.

Tudo isto faz parte de crescer. Sei que o João está bem entregue e vai correr tudo bem, sei que vai!

1123

Deixo uma foto do João tirada no fim de semana feliz e a sorrir! Como eu gosto que ele esteja! “Vemo-nos” no próximo post, no qual contarei a experiência com as fraldas reutilizáveis na creche!

E com vocês como foi o primeiro dia?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s