Radiação UV, factores de protecção e roupas com protecção solar

Com o sol chega a vontade de levar as nossas crianças para a rua de forma trazerem toda a sua imaginação e as suas brincadeiras para o ar livre. Mas os longos dias de sol significam também um aumento dos raios UV na atmosfera. O sol é essencial à nossa vida, é a fonte de vitamina D que ajuda ao fortalecimento dos ossos, porém é também o emissor de raios UV prejudiciais à nossa saúde.

A radiação ultravioleta divide-se em 3 tipos de raio:

– os UVA (que entram mais profundamente na pele);

– os UVB (responsáveis pelas queimaduras solares, envelhecimento cutâneo e possíveis potenciadores de cancro)

– os UVC (radiação absorvida quase totalmente pela atmosfera).

Como sabemos qualquer peça de roupa garante alguma protecção contra as radiações mas dependendo de alguns factores podem proteger mais ou menos os nossos bebés, são eles:

Cruzamento das fibras que compõem os tecidos – quanto mais juntas estiverem as fibras do tecido melhor, uma vez que os espaços no tecido serão mais estreitos e permitirão menor penetração dos raios. Por exemplo os tecidos feitos em malha deixam penetrar mais luz do que a ganga;

Cores – as tintas utilizadas para tingir os tecidos normalmente absorvem mais raios UV, deste modo, as roupas com mais cores e mais escuras, irão absorver mais raios UV e não deixar que os raios penetrem e cheguem à pele. Esta informação contraria um dos mitos sobre os melhores tecidos para levar à praia. As cores mais escuras “não atraem o sol” mas sim absorvem a radiação evitando que penetrem na pele e são melhor opção do que as cores mais claras.

Detergentes – a utilização de detergentes com branqueadores ópticos fazem a roupa parecer mais branca e limpa, agem como tintas que reflectem os raios Ultra Violeta, e fazem aumentar a penetração de raios UV, chegando mesmo a aumentar a ocorrência de queimaduras graves, para além de outros efeitos nefastos;

Leveza – ou seja a espessura – tecidos mais grossos absorvem mais raios, logo ajudam a proteger mais;

Elasticidade– quanto mais elásticos são os tecidos, maior será a penetração dos raios UV, uma vez que o tecido esticado ficará com maior espaço entre as fibras que compõem o tecido, expondo a pele ao contacto com o sol;

Humidade – um tecido que demore muito a secar, e permaneça molhado durante mais tempo é um tecido que protege menos;

Existem tecidos especiais que para além da protecção que qualquer peça de roupa confere têm já protecção contra os raios UV, como é o caso da colecção de natação iPlay ou dos chapéus Sterntaler. Estes tecidos, que não perdem a protecção solar ao serem lavados, têm na etiqueta qual o factor de protecção UV que permitem, tal como um protector solar (15+, 30+. 50+), e que define quanto tempo podemos estar expostos ao sol sem que a nossa pele sofra qualquer dano.

De forma a que fique mais claro qual o nível de protecção de cada factor criámos este quadro de acordo com o tipo de pele do seu bebé:

Proteção solar de acordo com o tipo de pele e factor de proteçao

Proteção solar de acordo com o tipo de pele e factor de proteçao

Todos sabemos como as crianças gostam de brincar no jardim, na praia, na piscina, no quintal dos avós, porém a sua pele é mais fina e transparente que a dos adultos o que os torna mais vulneráveis aos raios UVB, que penetrarão mais facilmente nas camadas interiores mais profundas da pele e poderão trazer complicações graves no futuro. Uma vez que os danos provocados pelo sol são cumulativos, se a criança for protegida desde cedo podemos minimizar os danos futuros. Todos os produtos iPlay e Sterntaler são de textura suave, coloridos e muito leves, permitem a liberdade de movimentos exigida pelas crianças, a protecção exigida pelos pais e devem ser os melhores amigos e aliados deste Verão.

Para além da utilização de roupas adequadas recomendo que sejam evitadas as  horas de pico de calor nomeadamente entre as 10 e as 17 horas por ser o horário com maior incidência dos raios UVB; sejam ingeridos líquidos com abundância; se utilizem cremes com protecção solar aplicados de 2 em 2 horas; utilizem roupas para proteger as zonas mais críticas do corpo como o fato de banho, chapéu ou T-shirt; e sempre que possível utilizem óculos de sol com protecção contra os raios UVA e UVB.

Nota: Mesmo que o seu bebé utilize roupas com protecção solar, não deve na mesma esquecer-se de colocar protector solar nas partes do corpo que não estejam protegidas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s