fraldas reutilizáveis e creche

O meu filho foi para a creche com 2 anos, a primeira creche que fomos foi a que escolhemos, chama-se Saídos da Casca e fica no Parque das Nações, a 15 minutos da ecologicalkids de Lisboa quando fomos à tradicional visita para conhecermos as instalações, conhecer as regras e procedimentos informei que utilizávamos fraldas reutilizáveis, como tinha levado o meu bebé comigo abri a mala de maternidade e tirei uma para mostrar, a directora do colégio informou que estava bem que ela conhecia as fraldas.
E assim foi, inicialmente levávamos as fraldas diariamente e quando o ia buscar trazia um saco de creche com as fraldas sujas, mas passados umas semanas decidimos que era mais pratico levarmos fraldas para vários dias e que ficam no cacifo dedicado a cada criança assim levávamos as fraldas suficientes para a semana, (pronto eu tenho mesmo muitas fraldas  52  embora a Carla me ganhe 🙂 e todos os dias eu trazia as sujas no saco da creche.

Correu mesmo muito bem, as educadoras e auxiliares gostaram muito, uma chegou a dizer que apenas depois de mudar as fraldas ao meu filho se apercebeu o desperdício de dinheiro que é o comprar e deitar fora e que as fraldas eram lindas que quando tivesse um bebé ia utilizar de certeza.

O importante a ter e a saber para a creche:
– 2 ou 3 sacos de transporte (pois um está a lavar, outro a secar e outro a ser utilizado)
– ter a quantidade suficiente das fraldas preferidas (as que escolhi para serem as fraldas da creche foram as Blueberry , Piriuki e Bumgenius)
– enviar para a creche as fraldas já com os absorventes colocados no bolso e para quem usa com o revestimento colocado

Para a creche as fraldas não significam trabalho acrescido, as auxiliares de educação em vez de colocarem a fralda no lixo colocam dentro do saco para a creche.

E a Vossa experiência também foi positiva como a minha?
ecologicalkids_fraldas_reutilizaveis

10 thoughts on “fraldas reutilizáveis e creche

  1. Olá! O meu filho usa fraldas reutilizáveis desde os 2 meses… e quando foi para a creche aos 4 meses, levou-as com ele! Foi super fácil… mostrei e expliquei à educadora o que era… e no final ela até me disse que acabava por gastar muito menos tempo na muda de fralda do meu filhote que dos outros meninos, uma vez que não tinha de estar a por toneladas de creme! O meu filho anda num infantário no Porto, “Os Rabinos” e só tenho bem a dizer… nunca puzeram nenhum entrave à utilização destas fraldas! beijos

    • que bom!! 🙂 temos que criar uma lista de creches “ecológicas” 🙂
      Todos os clientes ecologicalkids do Porto têm dito muito bem das creches.

  2. Bom dia! O meu filho vai para a creche em Setembro, e esse é efetivamente um “problema” com que me deparo, porque a creche não vê com bons olhos as fraldas, acham que vão ter mais trabalho :(. Pura ignorância, eu sei, mas colocaram-me logo imenso entraves. Logo direi o veredito final!!!! Bjs

    • Joana, acalme-os dizendo para não rejeitarem e fazerem o teste nada como duas semanas para verem que não terão trabalho acrescido nenhum, basta mesmo levar o saco da creche e trazê-lo todos os dias e levar as fraldas já com os absorventes 🙂

    • Simples… isso não tem que ser nenhuma entrave, aliás, nós mães, nem temos de perguntar se podem, temos de afirmar: Estas são as fraldas que o meu filho usa. Ponto. Elas já vão montadas, não lhes estou a pedir nada, nem tão pouco preciso que me as lavem. A única diferença é que as fraldas das outras crianças vão para a lixo e as nossas para dentro de um saco. Não percebo onde está a dificuldade. E se houver, só se for na utilização das fraldas com molas, e pra elas, aí acredito que seja mais fácil as de velcro. Mas tb é só.
      Eu sou sincera, o Gustavo deixou as fraldas com 15 meses (orgulho 🙂 ) E confesso que batalhei bastante, porque tinha imensas fugas. Nem reforços, nem meio reforços, pedi opiniões, comprei absorventes mais absorventes, uns de micro fibra, outros disto outros daquilo, lavagens smp dentro dos conformes, detergente só o rockgreen água dura… e a hora da sesta e a noite era algo horrível, tudo ficava molhado. Cheguei a ter que lhe dar banho às 4 da manhã, e no infantário queixaram-se do mesmo mal 😦 no entanto, sempre as usou. MAs confesso que estava desejosa pra ele largar as fraldas, pra mim toda essa beleza virou desespero, e muita pena. Agora estão lá guardadinhas à espera que um outro bebé, as use… um dia quem sabe.

  3. Bem eu nao posso partilhar ainda essa experiencia pois as minhas filhas ainda nao foram para a creche. Confesso que e bom saber que tambem nas creches funciona bem, e digo tambem porque tenho reparado ao longo destes dois anos que as pessoas que nao sabem da existencia destas fraldas, mostram entusiasmo em saber conhecer etc, mas quando tem um real contacto com o funcionamento, com o uso das fraldas, ai sim ficam realmente rendidas e apaixonadas por elas e por os beneficios que podem ter para o bebe, para a familia e claro para o ambiente. Deve ser isto que acontece nas creches as educadoras e ate mesmo alguns pais depois de verem de perto entendam o quanto podem ganhar com estas fraldas, e falamos em poupanca, ambiente etc, entao e saber que o nosso bebe tem a sorte de poder ter o conforto destas fraldas… Bem eu apesar de ainda nao ter a expriencia da creche acredito que a creche onde inscrever as minhas filhas se nao conhece estas maravilhas ira me agradecer um dia hehe fora de brincadeira acredito que tambem vou ter uma boa experiencia… depois eu conto como correu…

  4. A minha experiência com a creche foi perfeita, sempre correu tudo bem.
    Sempre trataram com carinho o meu filho e sempre respeitaram a nossa decisão de utilizar fraldas reutilizáveis 🙂
    Acho que temos de mostrar à creche como são as fraldas para que vejam que são exatamente iguais a uma descartável apenas não se deitam fora…e claro são bem mais giras ! 🙂

  5. Pingback: Já decidi que Vou usar fraldas reutilizáveis, mas o que devo comprar? | ecologicalkids

  6. A minha experiência na creche também foi positiva (Braga). Cá quase ninguém utiliza fraldas reutilizáveis, no entanto a direcção nunca colocou nenhum entrave à sua utilização. Eu levei uma fralda à reunião com a diretora pedagógica e expliquei que eram essas as fraldas que a minha filha usava e que era alérgica às descartáveis (o que não era totalmente verdade). Achou muito interessante e até sugeriu que eu divulgasse o produto às outras mamãs. Já no dia a dia, com a educadora e auxiliar, correu bem, mas foi necessário elas ganharem alguma prática. Por vezes queixavam se que havia algumas fugas, mas isso estava relacionado com o ajuste das fraldas. Por nenhum momento eu coloquei a hipótese de levar descartáveis. Foi uma opção nossa e caso não aceitassem mudaria de creche. Usou de 1 mês até aos 2 anos e meio.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s