O dia em que escolhemos o Rockin Green

Corria o ano de 2011 e nos bastidores da Ecologicalkids  havia um imenso burburinho, iria chegar o salvador das fraldas entupidas, o detergente ecológico Rockin Green!

Este tinha sido o ano em que sem explicação aparente começámos a  receber pedidos de ajudas de clientes relacionados com a absorção fraldas. Clientes novos que começaram a usar, clientes antigos que já usavam fraldas há mais de um ano e clientes que já estavam a chegar ao desfralde e que de um momento para o outro começaram a ter “fugas”. Teria que existir uma explicação que ligava todos estes clientes e após um despiste e várias conversas percebemos que a questão toda se centrava no detergente. O detergente que sempre compraram e escolheram nas idas habituais ao supermercado e que sempre resultou impecavelmente tinha deixado de funcionar. Porquê, perguntaram-nos muitos??? Nós arregaçámos as mangas e fomos investigar!

Resultado? O detergente tinha mudado de fórmula e esse factor alterou a rotina de lavagem e tornou mais e mais difícil a remoção correcta dos resíduos que se foram acumulando até entupir os tecidos e os tornar impermeáveis, provocando em ultimo caso a indesejável fuga!

Detergente Rockin Green nas nossas prateleiras da Loja Ecologicalkids de Lisboa

Detergente Rockin Green nas nossas prateleiras da Loja Ecologicalkids de Lisboa

Não podíamos deixar a situação arrastar-se, os clientes ficarem desiludidos e os nossos bebés desconfortáveis (porque muitas vezes os resíduos de detergente podem provocar alergias, principalmente em bebés com peles atópicas) e decidimos procurar no mercado uma alternativa Green, com componentes naturais, de fácil aplicação, que não danificassem as fraldas Ecologicalkids nem as propriedades dos seus tecidos, seguro para o bebé, a preços acessíveis, e que pudéssemos recomendar sem receios de que mudasse a fórmula em qualquer altura (já que os detergentes não são obrigados a comunicar quaisquer alterações). Depois de pesquisar exaustivamente e de muito testar e comprovar chegámos ao nosso Rockin Green. Pequeno mas concentrado, eficaz e eficiente, que permite lavar sem complicar, ecológico e cheio de Rock, agora que penso nisso até é um bocado parecido comigo :P…

Lembro-me do dia em que ele chegou aos armazéns… Fomos todos lá espreitar, chegámos mesmo a duvidar que lá dentro coubessem as tais 90 colheres de sopa, a Tânia até chegou a medir em casa!!! Algumas embalagens vinham tão inchadas e duras tipo pedra, até suspeitámos que tinham ficado estragadas da viagem, mas depois descobrimos que a embalagem tinha uma “válvula” que permitia que o ar circulasse e que algumas estavam entupidas, mas que bastava um toque para que o ar circulasse e o “efeito pedra” desaparecesse. Hoje as embalagens de Rockin Green já não têm essa válvula. Passadas 2 semanas já não tínhamos embalagens, os clientes gostaram tanto que num ápice desapareceu das prateleiras e agora não pode faltar nas nossas Lojas!

Chegaram a apelida-lo de “O Salvador das Fraldas”, hoje sabemos que não é exagero!

One thought on “O dia em que escolhemos o Rockin Green

  1. pois é! 🙂 lembro-me tão bem que ter ido para casa com as colheres de medida e passar 90 colheres cheias para uma caixa 🙂 já passou tanto tempo! desde aí o Rokin Green tem sido o detergente cá de casa.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s