Uma Aposta Ganha!

Olá,
Da última vez que fui à loja de Lisboa a Tânia falou-me em escrever para o blog, assim cá vai a forma como descobri as fraldas reutilizáveis e da minha odisseia na pesquisa e na certeza que tive assim que comecei a colocar estas fraldas na minha filhota de que esta era a aposta certa.

O meu nome é Telma, sou Tester de aplicaçẽs informáticas de profissão e curiosa amadora e meu maior feito é a minha filha Laura 😀

Estava grávida de 6 semanas quando foi a feira do bebé, mesmo sem saber se seria uma gravidez que ia correr bem, resolvemos aproveitar as promoções para poupar uns trocos… comprámos o trio, a caminha de grades e o colchão. Comprámos também, um belo stock de fraldas descartáveis, de vários tamanhos… a Laura tem hoje 3 meses e 90% desse stock não foi usado. Nem vai ser.

É que entretanto descobri as fraldas reutilizáveis e apaixonei-me.

Já não sei bem em que altura foi, mas li em alguns fóruns sobre as novas fraldas de pano e resolvi investigar, descobri então o site da EcologicalKids (com uma imagem diferente do actual) e pesquisei-o de fio a pavio, vi todas as fraldas, li sobre cada uma delas, li as reviews das mães e cada vez me convencia mais que era aquilo que eu queria para o meu bebé. Pelo meio ia falando com uma amiga que já tinha um filho, mostrava-lhe as páginas e ela tentava demover-me, que ia dar muito trabalho, que eu ia ter de estar sempre a lavar fraldas, que não eram tão boas como as descartáveis de certezinha, mas eu estava cada vez mais impressionada com o que lia… havia mães que referiam que os bebés se sentiam mais confortáveis, havia mães que diziam que as fraldas aguentavam a noite toda… para mim não fazia sentido aquelas mulheres estarem a mentir, nem no site, nem nos fóruns onde entretanto eu ia pesquisando cada vez mais. As minhas colegas de trabalho chamavam-me maluca, alguma vez uma fralda de pano podia ser melhor que as maravilhosas descartáveis?!?!?! Só que eu sou teimosa, estava encantada com a possibilidade de dar mais conforto ao meu filho e contribuir para um futuro ambiental melhor.

E fui fazendo contas… se um bebé usasse fraldas durante 2 anos, a uma média de 10 fraldas por dia, mesmo que fossem fraldas das mais baratas, tipo a 15 cêntimos cada uma, ia gastar mais de mil euros… só com um bebé. Ora nós sonhamos com 3 filhos!

Resolvi arriscar, inscrevi-me no site e fui vendo várias combinações de fraldas até que decidi que queria as fraldas blueberry, eram giras e as que tinham as melhores reviews. Resolvi comprar um pack de 12. Agora era só esperar para saber se era menino ou menina!

No dia 20 de Abril, um dia antes de fazermos 1 ano de casados soubemos que vinha aí uma Laura! Uma MENINA! Agora sim, já podia comprar as fraldas, com flores, com padrões rosa e pronto… com macaquinhos, as favoritas do pai.

No dia em que festejámos o nosso primeiro ano de casados, sentámo-nos no sofá, abrimos o site da EcologicalKids e comprámos as primeiras fraldas reutilizáveis para a nossa filha.

Tivemos muita sorte, nesse fim de semana havia uma promoção “compre 5 leve 6”, assim comprámos um pack de 12 (com duas de oferta) e mais 5 avulso (+ 1 de oferta) ficámos com 20 fraldas blueberry por 381,50€, uma média de 19,08€ por fraldas que custavam 23,50€!

Quando as fraldas chegaram delirei! Eram lindas e o tecido parecia tão confortável!

Lavei-as, e treinei colocar os absorventes… não me parecia nada um bicho de 7 cabeças como tanta gente me dizia… bem pelo contrário, parecia muito simples.

Agora só faltava a Laura nascer para as poder usar 😀

A Laura nasceu no dia 12 de Agosto, com menos de 3kg e tendo eu apenas fraldas de tamanho único, tive de esperar que ela atingisse os 4kg, mais grama menos grama, para poder usar as suas novas fraldas.

Não sei se foi porque estava ansiosa por usar as fraldas bonitas e ecológicas, mas detestei usar fraldas descartáveis, ela chorava a cada muda, o r abinho sempre assado apesar de eu colocar toneladas de creme (viemos mais tarde a descobrir que é o próprio cocó que a deixa assim e temos de continuar a usar creme, um específico anti-enzimas)… enfim… assim que me pareceu que ela tinha os 4kg, coloquei-lhe a primeira fralda reutilizável… demorei um bocado a perceber em que molas deveria fechar para ficar bem ajustado sem ficar apertado, mas foi apenas daquela vez… o melhor de tudo? Ela deixou de chorar na muda da fralda 😀 e pela primeira vez nessa noite dormiu 5 horas seguidas.

Pareceu-me um sonho bom! A Laura tinha pouco mais de um mês e até ali tinha acordado sempre de duas em duas horas para mamar… seria coincidência? Não era, em pouco tempo percebi que 20 fraldas não me chegavam, a minha máquina de lavar é de 7kg e eu precisava de encher mais o tambor da máquina, além de que a Laura sujava bem mais de 12 fraldas por dia. Assim houve uma noite que tive de lhe colocar uma descartável… dormiu menos de 3 horas seguidas e eu vi a minha aposta (contrariando toda a gente excepto o meu marido) em fraldas reutilizáveis tornar-se um sucesso.

Laura a dormir com fralda :-)

Laura a dormir com fralda 🙂

A minha filha sentia-se mais confortável com as fraldas reutilizáveis e por isso tinha deixado de chorar na hora da muda e tinha começado a dormir mais horas seguidas!

Aos poucos e poucos consegui “evangelizar” toda a gente da família, mas isso fica para outro post, que eu gosto demasiado de escrever este já vai muito longo.

Beijos!
Telma

2 thoughts on “Uma Aposta Ganha!

  1. O meu André também usou fraldas descartáveis durante um mês. Nunca chegou a fazer verdadeiras assaduras, mas quando lhe pus a primeira fralda reutilizável ( uma charlie banana recém nascido que me ofereceram num workshop) achei logo que ele tinha gostado mais :)! Sempre que estava lavada era usada! Quando cresceu mais um bocadinho, começamos a usar as piriuki v3 e as bumgenius e finalmente as blueberry. Por uma questão de segurança ( e porque aqui pelo Porto o sol nem sempre brilha ;), temos sempre um pack de fraldas descartáveis de reserva, mas que não são usadas como fraldas! No entanto, esta semana comprei um novo pack, compro Libero e 24 fraldas custaram 11,50 €. Ora o André gasta cerca de 8 fraldas por dia (desde que nasceu, tem 4 meses). Se eu tivesse duvidas sobre os custos e a rentabilidade das fraldas reutilizáveis, tinha ficado esclarecida esta semana! (24/8=3; 30/3=10 pacotes=105 € por mês! – No 1º mês gastei cerca de 80 euros – as fraldas eram ligeiramente mais baratas). Também pensei que se optasse por descartáveis poderia usar outras marcas, mais comerciais. Sinceramente, acho que não ia conseguir, principalmente depois de experimentar as libero! Queremos sempre o melhor para os nossos filhos! As fraldas reutilizáveis permitem ter esse melhor a um preço bem mais comportável! e sempre dão para o maninho ;)!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s